CHAPE

A esperança voa
E nunca pode pousar.
A bola que já não quer saber de trave,
Chutes e defesas espetaculares,
Se enche de gás, tal qual hélio
E sobe, sobe, sobe,
Até chegar aos céus.
A vista é linda demais
Para só chorar,
Pois a terra é azul
E a vida é verde:
De matas,
Sonhos
E times
Que serão eternos campeões,
Em campos Condás.

Advertisements

Fidel

Foi-se com o vento. Amado e odiado, como a própria e ambígua natureza humana. Fez do lar, mudança. De cassino flutuante e balneário para brancos azedos de camisa florida, para talvez o país mais mal interpretado da história.

E sempre escolhemos mal os nossos inimigos. A ilha assassina contra o império do bem, personificado com a imagem do Cristo vivo, de olhos azuis.

E o seu maior pecado foi nunca ter colocado coca-cola no Rum. Cuba Libre, só sem coca e sem papai Noel tropical, procurando chaminés para vender ilusões.

Hasta la victoria siempre!