Caracas… o Haiti não é aí

Enquanto uns querem beber petróleo
E ensaiam uma invasão sob falso pretexto
Vizinhos comem barro, como manjar
E definham a espera de ajuda, enquanto chacoalham em potentes terremotos
Dançam sem querer dançar
Mexem esqueletos, até quebrá-los
Gente partida ao meio
Meia conversa, meio caráter, meia moral
E não importam os meios
Enquanto os fins forem falsamente justificados
Eu e você não somos nada
Poeira intergaláctica na hora e no lugar errado
Esmagados pelo tanque “imperiocentrista”, com bandeira em riste.
A SS usa máscara de Mickey Mouse
E bate continência ao Rei dos Ratos.

Advertisements